AGENDAMENTO ONLINE

MARQUE SUA CONSULTA PELO TELEFONE (11) 2528.6782 OU FALE COM NOSSO CONSULTOR SOBRE ORÇAMENTO: (11) 97322.9233

Perguntas Frequentes

Para colocar o balão intragástrico eu preciso fazer uma cirurgia?

Para colocar ou retirar o balão intragástrico não é necessário uma cirurgia. O procedimento é mais simples: a introdução e retirada é feita por endoscopia – o mesmo método de diagnóstico de úlceras, gastrite ou esofagite- sob sedação e deve ser realizado em ambiente hospitalar.

Posso sentir o balão intragástrico dentro do meu estômago?

A sensação de que existe algo diferente dentro do estômago ao colocar o balão intragástrico varia de pessoa para pessoa. Durante o tratamento é possível que você sinta o balão no estômago, mas após um curto período de tempo essa sensação diminui.

Depois de colocar o balão intragástrico terei restrições em minhas atividades?

Após 3 dias da colocação do balão intragástrico você pode prosseguir normalmente com as atividades do dia a dia, inclusive os exercícios físicos. Porém, é importante seguir as orientações médicas e evitar a prática de exercícios de alto impacto, como por exemplo, boxe.

Com a colocação do balão intragástrico não vou sentir mais fome?

O balão intragástrico não vai tirar sua fome, mas tende a diminui-la! Isto ocorre pois, ao colocar o balão, ele passa a ocupar um espaço em seu estômago causando um efeito restritivo à ingestão de alimentos bem como provocando uma sensação de saciedade precoce. O resultado é que você irá comer menos, pois logo estará satisfeito com uma menor quantidade de comida ingerida. Espera-se que esse hábito perdure após a retirada do balão.

Ao colocar balão intragástrico vou precisar tomar alguns remédios?

Como em qualquer tratamento médico, os remédios são necessários para dar apoio ao processo, especialmente na fase inicial de adaptação. Durante toda a permanência do balão é preciso,por exemplo, controlar a acidez do estômago com o uso constante de medicação específica (prazóis).

Pode ocorrer vazamento do líquido do balão intragástrico?

Há uma incidência baixíssima de vazamento de líquido do balão descritos na literatura médica mundial. O balão é preenchido por um liquido azul e caso haja extravasamento do mesmo o portador do balão urinará esverdeado. Então o paciente entrará em contato com o médico para uma avaliação endoscópica do balão e possivelmente sua retirada. O balão não estoura, mas pode extravasar por porejamento o liquido do seu lúmen, o que leva até 72 horas para seu completo esvaziamento,tempo suficiente para sua retirada com segurança.

O balão intragástrico pode se romper dentro do meu estômago?

É importante seguir as orientações médicas e ter em mente que acidentes ou agressões na região do estômago podem afetar a utilização do balão. Felizmente não há registros de casos de rompimento do balão dentro do estômago, porém existe sim uma pequena possibilidade de ocorrer.
Caso haja rompimento, o paciente detectará em sua urina uma cor esverdeada. Será imprescindível procurar o médico que realizou o procedimento para que seja feita a retirada do balão intragástrico em até 24 horas.

É preciso fazer acompanhamento médico durante o tratamento?

É interessante o acompanhamento médico multidisciplinar durante o tratamento com o balão intragástrico. Profissionais das áreas de nutrição, endocrinologia e psicologia podem ajudar você a perder mais peso do que perderia somente com os resultados da presença do balão em seu estômago. Estudos demonstram que atividade física com regularidade trazem uma perda de 20 a 40% a mais nestes pacientes do que naqueles que não fizeram. De qualquer forma o fundamental para que o tratamento renda bons resultados é que você seja o seu próprio aliado, que procure se adaptar às orientações médicas e manter um comportamento mais saudável. Recomenda-se pelo menos uma consulta no 3º mês para avaliação de perda, avaliação clinica e laboratorial. Marque esta consulta.

Após retirar o balão intragástrico eu nunca mais voltarei a engordar?

A manutenção do peso, independente do método escolhido para o emagrecimento, depende de disciplina e força de vontade. Durante os meses de tratamento procure seguir as orientações de profissionais para uma reeducação alimentar, adquirindo hábitos alimentares mais saudáveis, manter o seu equilíbrio psicológico, bem como a prática de atividades físicas, pois é isso que irá garantir a manutenção do peso depois da retirada do balão intragástrico.

A colocação do balão pode provocar alguns efeitos colaterais?

Nas primeiras 72 horas após a colocação do balão é bastante comum que você sinta enjôo, vômitos e dor abdominal. Normalmente estes sintomas diminuem muito após o 5o dia. Isso acontece porque o organismo precisa se adaptar à presença do balão intragástrico, que inicialmente é interpretado como um corpo estranho. Após esse período de adaptação, o desconforto passa e você pode prosseguir com suas atividades diárias, inclusive exercícios físicos indicados pelo médico. De qualquer forma serão prescritos medicamentos para tentar controlar ao máximo estes efeitos colaterais.

Após 6 meses de permanência com o balão intragástrico eu realmente necessito retira-lo?

Essa é uma decisão médica. O prazo máximo de permanência do balão intragástrico dentro do estômago no intuito de perder peso é de seis meses. Vários estudos demonstram que ele não possui mais eficácia após este período. Sua permanência após esse período ajudaria apenas a manter uma reeducação alimentar. Se você desejar perder mais peso com esse método, você pode colocar um novo balão intragástrico, mas é necessário um intervalo de pelo menos dois meses.

Há garantias de resultados, ou seja, de que irei realmente emagrecer colocando o balão?

Não. Como qualquer tratamento médico não há garantia de resultados. Infelizmente o resultado do tratamento não dependerá somente do balão. Dependerá de inúmeros fatores, intrínsecos e extrínsecos ao paciente, tais como se o paciente seguirá corretamente o tratamento, com acompanhamento nutricional adequado, exercícios físicos e restrição calórica. Além disso, cada organismo tem uma velocidade de perda e infelizmente alguns pacientes podem perder muito pouco peso do que aquele esperado e projetado. Da mesma forma alguns pacientes a perda supera em muito médias estatísticas de perda e as expectativas iniciais do médico e do paciente. Também é um erro realizar comparações entre pacientes na quantidade de kilos perdidos, pois 20 kg perdidos representa quantidade diferente para um paciente que pesa 100 kg de outro que pesa 80 kg. Normalmente, a meta é de perda de 4 a 5 pontos do seu IMC atual ou 20% do peso atual.

WP-Backgrounds Lite by InoPlugs Web Design and Juwelier Schönmann 1010 Wien